4 Séculos de Poesia Brasileira
por Paulo Autran


"Este 4 Séculos de Poesia Brasileira produzido pelo incansável Paulinho Lima deveria ser prescrito como remédio. Ouçamos para salvar o que resta da nossa sensibilidade ameaçada pela banalização de tudo.
A interpretação poderosa e sensível de nosso Ator-Maior nos reconcilia com a beleza. Paulo Autran atinge aqui o limite da maturidade do grande intérprete. Torna vivo e palpável, íntimo e fraterno o espírito criador de nossos gênios. Dá vontade de conversar com os nossos poetas. São quatro séculos de beleza. Irretocável. Vou tomar mais vezes. Comoum remédio. Ao levantar e antes de dormir. Para que nossa alma não morra."
Juca de Oliveira

  • Pequei, Senhor...
  • Já, Marília cruel, não me maltrata
  • Marília de Dirceu
  • Enganei-me, enganei-me - paciência
  • Formosa
  • Canção do exílio
  • I - Juca Pirama
  • Soneto
  • Se eu morrese amanhã!
  • Lembranças de morrer
  • Meus oito anos
  • A valsa
  • A flor do maracujá
  • O navio negreiro
  • Ilusões da vida
  • Visita à casa paterna
  • Acrobata da dor
  • A Carolina
  • Translit
  • Mal secreto
  • Vandalismo
  • Nel mezzo del camin...
  • Maldição
  • In extremis
  • Ismália
  • Velho tema
  • Duas almas
  • Beijos mortos
  • A Serra do Rola-Moça
  • Retrato
  • Profundamente
  • Soneto da fidelidade
  • Soneto da separação
  • O ovo de galinha
  • A Vicente do Rego Monteiro
  • Procura da poesia