Neide Archanjo por Neide Archanjo


"A leitura ou releitura da obra de Neide Archanjo deve ser feita, para que, em meio aos seus labirínticos itinerários, se revele a unidade invisível que fez dela o singular universo poético que, já há muito, conquistou espaço próprio nos quadros da Poesia Brasileira Contemporânea e na poesia de língua portuguesa".
Nelly Novaes Coelho

  • Neste mezzo del camin
  • Hoje há um vento posto lá fora
  • Mãe
  • Pequenas pompas fúnebres
  • Não estamos perdidos
  • Billy canta
  • Grafismo em Nova York
  • Cansei
  • E é preciso ter coragem
  • Era uma vez
  • E ouvindo meu lamento
  • Paticumbuns nacionais
  • Sonho ainda
  • Porque durava o fogo
  • No que sonho ou cavo
  • As pessoas querem saber
  • A poesia
  • Esculpo a página
  • A dor é a mesma
  • Epitáfio
  • Noite adentro
  • Sem envelhecer
  • Pequeno oratório do poeta para o anjo
       participação especial Maria Bethânia
  • Ah, meu coração
  • O amor, a mais pesada das drogas
  • A água e o sal
  • Toca minha pele
  • E estando...
  • Paris
  • Cicatriz
  • Que bonitos ojos tienes
  • Montarias
  • No tear da alma
  • Relação teurapêutica
  • Amor de salvação
  • O tempo e este
  • Águas e mares

    Trilha sonora composta e executada por Sylvia Patrícia e Paulo Rafael.