Gregório de Mattos por Nilda Spencer


"Nilda Spencer é uma das personalidades mais marcantes da vida artística da Bahia. Sua presença é criativa, apresenta de forma eficiente e profunda nossa trajetória cultural. É fácil darmo-nos conta da significação de um disco no qual declama Gregório de Mattos. O poeta maior, aquele que melhor revelou nossos sentimentos, cresce e se afirma na voz profunda e doce de Nilda. Melhor presente não poderíamos receber".
Jorge Amado

  • Abertura
  • Mas não saiba ninguém
  • Furtar e foder
  • Província de vícios
  • O velhaco maior
  • Não quero mais do que tenho
  • Rainha das mulatas
  • Chupão enchuto e carnudo
  • No quartel do alho
  • Teu nego e teu canalha
  • A vida trota e eu berro
  • Eia, estamos na Bahia
  • Entendeis-me agora?
  • Oh, que cansado trago o sofrimento
  • O que chupa e tira
  • Que me quer o Brasil, que me persegue?
  • Sal, cal e alho
  • A cidade da Bahia
  • Ferra, ferra
  • Eu sou aquele, que os passados anos

    Trilha sonora composta e executada por Nico Rezende.