Eça de Queirós
Contos por Paulo Autran


Eça de Queirós, romancista dos maiores, é também um contista que domina as artes de bem tecer uma narrativa breve. Os três contos interpretados por Autran dão uma mostra da variedade neles abrangida de espaços, tempos, personagens: O tesouro e No moinho foram tirados do volume de Contos; Frei Genebro do conjunto de lendas de santos, publicadas postumamente. O tesouro e Frei Genebro muito diversos entre si, passam-se na Idade Média: o primeiro é uma história de astúcia e crimes; o segundo, a do trajeto terreno de um santo ermitão, sempre de olhos fitos no céu, até a um fim inesperado que trai a nossa expectativa. No moinho se passa na contemporaneidade e é, sem dúvida, o embrião de O primo Basílio. À voz do narrador e a de seus personagens empresta Paulo Autran a sua, rica de inflexões, plena de diversidade, quente de emoção, repassada de ironia, sempre valorizando a ampla gama de expressões e sutis intenções do autor.

Cleonice Berardinelli

  • O tesouro
  • Frei Genebro
  • No moinho